Segunda-feira, 14 de Julho de 2008

temptation

 

 

A tentação revoga-me para o pecado, faz-me lembrar o Adão (já agora, adam, se leres isto diz-me onde plantaste aquela segunda macieira, já perguntei á eva mas ela não larga os pepinos)

 

    Tentação (segundo o dicionário):

 

Acto ou efeito de tentar;

 

Desejo veemente;

 

Disposição, impulso para a prática de acções condenáveis.

Tentação (segundo o eu, próprio)

 

http://www.priberam.pt/dlpo/imagens/transparent.gif

1º, sempre que me vejo com um desejo veemente de tentar eu tento, logo caio na tentação. Há uma parte do cérebro humano que se gosta de ver tentado, mesmo quando não o reconhecemos. Andava eu no quinto ano quando pela primeira vez aprendi que a tentação é:   disposição, impulso para a prática de acções condenáveis. Malditas apalpadelas. Maldita mão pesada daquele padreco parvo que a cada inocente apalpadela  á colega de carteira me acertava  á mão cheia nas bochechas.

 

2º (efeito do circulo vicioso do acto de ficar tentado)

 

Á terça apalpadela na terceira colega da primeira fila junto á porta levei a terceira bofetada daquele padreco parvo, e também á terceira o meu pai tomou conhecimento do caso e ficou tentado a dar uma valente sova naquele padre pecador.

 

3º A vida é toda ela uma tentação, e sim, a tentação é de facto: disposição, impulso para a prática de acções condenáveis. Impossível enumerar a quantidade de situações onde verificamos que de facto a tentação é algo terrível!  Para os avantajados, cheiinhos vá, comer coisas que engordam é uma acção condenável, a pior das tentações, para os magrinhos, a pivea (que é creme hidratante para deixar a pele mais hidratada) é igualmente uma acção condenável, vou mais longe, não, não vou mais longe, não pretendo de todo ferir susceptibilidades, escrever é tentador, não tenho escrito tanto quanto gostaria, mas isto de estar de férias não é assim tão fácil como se pensa, dormir transforma-se em tentação e de repente a tentação transforma-se em preguiça, e a preguiça transforma-se apatia, e a apatia transforma abacaxis em ananases.

publicado por batatavelha às 01:10
link do post | comentar | favorito
|
1 comentário:
De nando a 24 de Julho de 2008 às 19:56
a minha definiçao de tentaçao chama-se esmeralda!

Comentar post

.mais sobre mim

.pesquisar

.Abril 2010

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30

.posts recentes

. 1 penny

. o cabrão expiatório

. Diz que sim..

. parecendo que não..

. continuação..

. eu creio que . . .

. manias..

. bolas..

. olha, azar.

. temptation

. aquela janela..

. em 2 minutos e tal

. As quatro estações..

. A insustentável leveza do...

. e aconteceu..

. É assim...

. quem trabalha por gosto n...

. unhas há muitas..

. Goodnith moon

. começar de mancinho...

.arquivos

. Abril 2010

. Dezembro 2009

. Outubro 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

.Contador

blogs SAPO

.subscrever feeds