Quinta-feira, 15 de Outubro de 2009

parecendo que não..

 

 

 Sei que há dúvidas que são eternas, tal como sei que na figueira bate mais vento que na linha, sou sábio eu, sábio ao ponto de ao caminhar pôr uma perna em frente á outra, sábio como tu, e como a joselina da casa da esquina que vende a carne ao kilo. Sou burro ao ponto de ser preguiçoso e preguiçoso ao ponto de não querer pensar, e dissimulador por pensar que ao pensar vejo a razão, ao ver a razão, não vejo o pecado, e eu gosto de ter a razão ao lado, do pecado. oh, fod***

publicado por batatavelha às 00:17
link do post | comentar | favorito
|

.mais sobre mim

.pesquisar

.Abril 2010

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30

.posts recentes

. 1 penny

. o cabrão expiatório

. Diz que sim..

. parecendo que não..

. continuação..

. eu creio que . . .

. manias..

. bolas..

. olha, azar.

. temptation

. aquela janela..

. em 2 minutos e tal

. As quatro estações..

. A insustentável leveza do...

. e aconteceu..

. É assim...

. quem trabalha por gosto n...

. unhas há muitas..

. Goodnith moon

. começar de mancinho...

.arquivos

. Abril 2010

. Dezembro 2009

. Outubro 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

.Contador

blogs SAPO

.subscrever feeds