Quarta-feira, 16 de Dezembro de 2009

o cabrão expiatório

Se alguma coisa desde sempre me fez confusão foi o facto de determinadas pessoas serem tratadas por bodes expiatórios.

 Houve até uma vez em que achando ser um insulto penoso e extremamente ofensivo atirei-o ao Paulo Jorge depois de ele ter ido dizer á minha namorada Francisca que eu andava de mão dada com a Rita. "és um cabrão expiatório", atirei eu.

 Já pesquisei, e parece que o tal bode existiu mesmo, lá para os confins do mundo, era segundo a tradição, usado nas cerimónias hebraicas, agora, como é que isso tomou o actual sentido figurativo?? Não sei nem me interessa, para mim um bode, das duas uma, ou é um cabrão que expia e se chiba ou um cabrão que espia mas não se chiba! De qualquer das maneiras é mau. Não é?

 

publicado por batatavelha às 00:26
link do post | comentar | favorito
|

.mais sobre mim

.pesquisar

.Abril 2010

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30

.Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

.posts recentes

. 1 penny

. o cabrão expiatório

. Diz que sim..

. parecendo que não..

. continuação..

. eu creio que . . .

. manias..

. bolas..

. olha, azar.

. temptation

. aquela janela..

. em 2 minutos e tal

. As quatro estações..

. A insustentável leveza do...

. e aconteceu..

. É assim...

. quem trabalha por gosto n...

. unhas há muitas..

. Goodnith moon

. começar de mancinho...

.arquivos

. Abril 2010

. Dezembro 2009

. Outubro 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

.Contador

blogs SAPO

.subscrever feeds