Quarta-feira, 28 de Maio de 2008

e aconteceu..

Á lá coisas, é fenomenal, o mundo tinha acabado, tinha recomeçado e explodido para lá do outro lado, não pensei que acontecesse, ansiei, esperei, reservei-me de falsas esperanças, sentei, esperei, chorei e voltei a chorar, não achei possível, lamentei de facto isto não ter acontecido mais cedo, o mundo é um lugar estranho, É já este sàbado, BFR vêm á capital.

 

publicado por batatavelha às 22:35
link do post | comentar | favorito
Terça-feira, 27 de Maio de 2008

É assim...

Para alguns, as relações amorosas são como as ressacas, estes alcoolicos do amor acham que a melhor maneira de evitá-las é continuar a beber.

 

És grande André, diria o Nando..

 

Ass: A-voz-da-liberdade

 

P.s E o egoísmo? também é eterno?*

publicado por batatavelha às 21:48
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
Quarta-feira, 21 de Maio de 2008

quem trabalha por gosto não cansa

Meus caros, todos nós temos conclusões brilhantes  

Estava eu de vassoura em punho a varrer cantos no meu local de trabalho, quando paro para concluir que, estas relações amorosas, estão prontos? Então cá vai, são autênticos empregos. Faço-me entender? ainda não! dêem-me a legítima oportunidade de me explicar esta ambiguidade.

Em primeiro lugar, falemos do 1º trabalho, é geralmente o mais difícil, mais curto e psicologicamente mais longo, mais marcante, ou nao, é uma virgindade perdida, portanto.

 Em segundo, suponhamos que o trabalho está realmente a correr bem, muita virilidade, muita paciência, e sff arrume-me aí os agriões na prateleira dos pensos higiénicos, e já agora vê lá se não voltas a registar os ananases como sendo abacaxis se não és despedido, ou seja, combinamos antes ás 19h que ás 18h não dá lá muito jeito, e, volto a apanhar-te a falar com a Rita e está tudo acabado!!! ouviste????  tava eu a dizer.. ah, está tudo a correr bem, passam-se 6 meses, o que acontece?? Passamos a efectivos, verdade?? Sim senhora. Ficamos efectivos!!!!

 Em terceiro, há part-times e full times.. é preciso acrescentar alguma coisa?? Não me parece

 Em quarto, quais de nós, assíduos trabalhadores, gostamos de fazer horas extraordinárias e de não as ver descriminadas no final do mês? hapoizé bebé. Esforço em vão.. ninguém gosta.

 Último ponto e o mais fundamental! Pára!!! Pára tudo!!! Pensem, pensem comigo, aqueles trabalhos, sabem? Aqueles em que nós realmente gostamos de estar metidos, aqueles em que nós trabalhamos como cães, auf auf, aqueles em que horas extras sao esquecidas por nós e recebidas sabe-se lá de onde no final do mês!?!? Estes meus amigos, estes sim, são trabalhos a valer. E não vou mais longe, até porque estou canssado.

Atirem-se os tomates podres.

publicado por batatavelha às 01:16
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
Segunda-feira, 12 de Maio de 2008

unhas há muitas..

 Não ando a dormir bem.. Já percorri tudo, já pesquisei por todo o lado, e não percebo esta coisa dos dentes. Isto não tem como objectivo ter piada, juro...

 No outro dia entalei o dedo no tractor do meu pai enquanto andava com ele no campo de volta das batatas. Uma negridão intimidante apoderou-se da minha unha e dias depois ela caíra, levando com ela um cheiro nauseabundo que fazia lembrar as minhas corridas matinais no campo, em plena época de fertilização. Aldeões de s.s sabem como é uma altura especial, em que até os semáforos ao pé da são veiga se recusam a ficar verdes. A questão aqui é, a unha nasceu dias depois, e sei que se voltasse a caír outra se iria repôr exatamente no mesmo sítio. O cabelo não pára de crescer, menos nos carecas, se me cai um olho, nao tenho lá o definitivo,  só tenho um!! se for circunsisado á nascensa aquilo não volta ao normal. Talvez esteja a arranhar a parvoíce, e novamente, a questão é,  porque diabo é que dentes só nascem dois?? Alguém que acabe com o meu  tormento e me explique por favor. E ainda vou mais longe, eu, meus amigos, eu há quatro dentes que são de leite! E agora? o que se passa comigo? será defeito? serei o protótipo da evolução? naaaa, talvez seja só parvoice.

publicado por batatavelha às 12:35
link do post | comentar | favorito
Sábado, 10 de Maio de 2008

Goodnith moon

goodnight moon.. é so um nome de uma música ao acaso que calhou ver numa pasta. bem gira por acaso! se há coisa triste é querer escrever e não saber sobre o quê. Não sou escritor, quero com isto dizer que não sinto qualquer tipo de pressão em escrever sobre qualquer assunto. Coisa que não interessa a ninguém. Mas sou o maior da minha aldeia, o nando o mais pequeno (mesmo assim entrou nos rangers) 

( a minha irmã de 11 anos acaba de invaidir os meus aposentos e diz acompanhada da amiga :"MANO, Á BOCADO QUANDO TAVA A DAR AQUELA MÚSICA EM INGLÊS EU DE LÁ DE BAIXO COM A MÚSICA BAIXA NÃO CONSEGUI PERCEBER!?!?!" eu, muito assustado: "sim" ela vira-se para amiga e diz com as mãos como que a elevar a deus  "VÊS?????????" Que saudades daqueles tempos. Era tudo bastante diferente. Uma vez atirei um chumbo da pesca á cabeça do meu visinho nando, naquela altura os pais deixavam as crianças brincar. se tivesse sido hoje, para além de levar uma carga de porrada do nando, vinha para aí a asae e a segurança social tirava-me dos meus pais. Por eu ter atirado um chumbo que nem sequer desinfectado estava e que nem para a pesca servia pois podia contaminar o peixinho e provocar viroses nas crianças.  

publicado por batatavelha às 20:55
link do post | comentar | favorito
Sexta-feira, 9 de Maio de 2008

começar de mancinho...

se há coisa que me chateia são as relações amorosas. Não, se há coisas que me chateiam são a maneira em como levamos uma relação a dois. Não é bem isto, o que me chateia mesmo sao os cliches por que passamos quando descobrimos que a pessoa que amamos não passa de uma certa invulgaridade que nos leva á desilusão. Talvez seja isto. o que me leva a uma breve retrospectiva. assunto cliché, eu sei! basta ligar o rádio para nos apercebermos que este mundo anda a volta disto mesmo, e ele anda em todo o lado, ele é canções, ele é filmes ele é livros, é o gásoleo deste mundo, e olha que ele está bem caro!

Criei este blogue com um objectivo, falar de coisas pretinentes e isto, convenhamos é um assunto chato. É aborrecido pronto, muito batido. deixemo-nos de rodeios.

As pessoas não são faceis. Ainda á dias me roubaram a namorada. podiam-me ter roubado muita coisa, tenho um telemovel bastante razoável, um porta-chaves que também não é feio de todo, mas não, tinham que me levar a namorada, e sem meias medidas, foi chegar e levar. Eu penso, "bem, um ano e tal de relação, leva tudo, leva tudo, não te acanhes!!! eu sei, eu sei que palavras leva-as o vento, eu sei que as promessas são bonitas de se fazer na hora, comovem e tudo, vamos ser felizes para sempre, e sim, vai ser diferente!!!!! vai dar certo vai dar certo!!!" isto parece-me um ponto de vista bastante frustrante, pois bem, é assim que me sinto meus caros. Frustrado. Frustrado não com o mundo mas com as pessoas, com a facilidade com que as pessoas se entregam uma á outra e com o individualismo com que se afastam. O amor é egoísta, sabemos, e sabemos também que a única coisa que importa numa relação é a própria felicidade, é um jogo viciante onde ser feliz é o que mais importa, e mesmo fazer feliz o próximo contribui para a nossa felicidade, logo somos egoistas outra vez, eu dei-lhe uma tulipa, ela ficou feliz, eu fiquei feliz porque ela ficou feliz, no fundo eu só queria ficar feliz. faço-me entender? talvez não, adiante.

Desonfio que isto não seja bem assim, que esteja redondamente enganado, e que há pessoas que dão a volta por cima.

 Não quero tornar-me cansativo, tou bastante complexado a esse nível, tenho noção que sou um pouco parvo, mas canssativo eu dispenso.

 Vamos ao fundo da questão, sou boa pessoa, juro, não ouçam o que ela espalha por aí. Dizia a vocalista dos pink maritini "you know that a falling star cant fall forever, but lets never stop falling in love" e tem muitíssima razão!! Cada caso é um caso, e há para aí gente realmente especial. Não é cliché, há mesmo!!! E nada melhor do que amarmos e nos sentir-mos amados. Agora estou satisfeito, sei que ela não era a pessoa certa, mas vou continuar a procurar. sei que estou perto. buahahaha 

 

publicado por batatavelha às 23:52
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito

.mais sobre mim

.pesquisar

.Abril 2010

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30

.Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

.posts recentes

. 1 penny

. o cabrão expiatório

. Diz que sim..

. parecendo que não..

. continuação..

. eu creio que . . .

. manias..

. bolas..

. olha, azar.

. temptation

. aquela janela..

. em 2 minutos e tal

. As quatro estações..

. A insustentável leveza do...

. e aconteceu..

. É assim...

. quem trabalha por gosto n...

. unhas há muitas..

. Goodnith moon

. começar de mancinho...

.arquivos

. Abril 2010

. Dezembro 2009

. Outubro 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

blogs SAPO

.subscrever feeds